O minis­tro gre­go das Finanças Yanis Varoufakis apa­re­ceu numa repor­ta­gem da Paris Match com a com­pa­nhei­ra Danae Stratou a comer pei­xi­nho gre­lha­do e a beber um copo de vinho bran­co. Estava sen­ta­do à mesa. E a mesa tinha uma toa­lha.

Na entre­vis­ta que deu à revis­ta – esta ses­são de fotos é uma peque­na par­te da repor­ta­gem – afir­mou des­pre­zar «o sis­te­ma de estre­la­to: fazer par­te dele é uma gran­de pre­o­cu­pa­ção e um des­con­ten­ta­men­to para mim. Não vou lutar con­tra o sis­te­ma do estre­la­to por­que esta­ria a alimentá-​lo. Posso ape­nas privá-​lo de oxi­gé­nio.»

Vejam este vídeo hila­ri­an­te que os ale­mães fize­ram sobre ele – o ges­to feio na ima­gem final do ver­da­dei­ro Varoufakis é digi­tal­men­te acres­cen­ta­do – para per­ce­ber como o estre­la­to de que fala nun­ca lhe per­ten­ceu.

E o que fez este des­gra­ça­do minis­tro tor­na­do estre­la de rock? Deixou-​se foto­gra­far pela Paris Match sem escon­der a sua vida e como vive. Depois des­tes meses de polí­ti­ca, Varoufakis con­ti­nua con­ven­ci­do que deve ser igual a si pró­prio – ingé­nuo.

Mostrou-​se orgu­lho­so da mulher boni­ta que tem. Mostrou vai­da­de e os mús­cu­los. Comprou um MacBook Pro, o hipó­cri­ta, a Paris Match fotografou-​o e abu­sou do Photoshop como se pre­ten­des­se ven­der as fotos para um anún­cio de um deso­do­ri­zan­te para os sova­cos.

As fotos do Paris Match

Caramba, o tipo é tão nova­to nes­tas andan­ças que nem sequer escon­deu o pia­no tão obvi­a­men­te bur­guês. Deixou-​se foto­gra­far a fin­gir que toca­va, como um Richard Clayderman da aus­te­ri­da­de gre­ga.

Se o Varoufakis tives­se a cate­go­ria de um Pedro Passos Coelho, ven­dia já o pia­no só para dar um exem­plo ao povo esfo­me­a­do de músi­ca – como fez o nos­so primeiro-​ministro quan­do desa­tou a cor­rer para pagar as dívi­das à Segurança Social, depois de ser des­co­ber­to.

Hipocrisia! – Protestaram os gajos de direi­ta e com toda a razão. Quem gos­ta­ria de ser gover­na­do por um hipó­cri­ta des­tes quan­do temos um primeiro-​ministro que depois de impor o mai­or aumen­to de impos­tos que há memó­ria em Portugal aca­bou por se esque­cer de pagar os seus? Toda a gen­te tem lap­sos de memó­ria – estas imper­fei­ções são des­cul­pá­veis. Quem quer ser gover­na­do por um minis­tro das Finanças care­ca quan­do temos um primeiro-​ministro a quem se des­co­brem tan­tas care­cas? Ganhamos nós com o bri­lho das suas idei­as.

Como diria aque­le puto no YouTube com uma pan­ca pela Britney Spears, «lea­ve Pedro alo­ne».

Agora este Varoufakis! Além de ter um ape­li­do esqui­si­to que obri­ga o escri­ba a fazer copy pas­te sem­pre que o men­ci­o­na, caiu no goto dos fotó­gra­fos pelo aspe­to moder­no e desem­po­ei­ra­do, e ain­da tem a lata de gos­tar de viver. O João César das Neves que há em mim acha esta coi­sa de que­rer ser feliz uma escan­da­lei­ra.

Ponham isto na cabe­ça de uma vez por todas: a esquer­da­lha para ser leva­da a sério tem de ser fran­cis­ca­na, no míni­mo. Andar rota e com san­dá­li­as. Tomar banho uma vez por sema­na. Paciência! O que per­de em bom gos­to e esti­lo, ganha em inte­gri­da­de.

O jor­nal Observador – conhe­ci­do pela extre­ma impar­ci­a­li­da­de com que obser­va estes assun­tos – até colo­cou na notí­cia o ante­tí­tu­lo «Futuro da Grécia» só para a mal­ta per­ce­ber de uma vez por todas o tipo de gen­te hipó­cri­ta que os gre­gos colo­ca­ram no poder.

Onde já se viu um gre­go da «esquer­da radi­cal» ter a lata de beber um copo de vinho bran­co gre­go Santorini e sentar-​se a uma mesa cober­ta por uma toa­lhi­ta de chi­ta para almo­çar com a mulher? Não pas­sa de um bur­guês hipó­cri­ta, um mem­bro da esquer­da cavi­ar que usa o com­ba­te à aus­te­ri­da­de para enga­nar o povo.

E para ser um tipo da esquer­da cavi­ar nem é pre­ci­so comer cavi­ar, bas­ta um pei­xi­nho gre­lha­do e uma sala­di­ta.

Marco Santos

­ Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?