Destino é o nome de uma cur­ta de ani­ma­ção, resul­ta­do da impro­vá­vel jun­ção de dois nomes: Walt Disney e Salvador Dali.

Dali e um artis­ta da Disney, John Hench, tra­ba­lha­ram na story­bo­ard duran­te oito meses, entre 1945 e 1946. As difi­cul­da­des finan­cei­ras que os estú­di­os da Disney atra­ves­sa­vam nes­se perío­do pro­vo­ca­ram o can­ce­la­men­to do pro­je­to. Hench ain­da com­ple­tou 17 segun­dos de ani­ma­ção, na ten­ta­ti­va de recu­pe­rar o inte­res­se da Disney – sem suces­so.

Em 1999, Roy E. Disney, sobri­nho do fun­da­dor Walt, deci­diu recu­pe­rar o pro­je­to, informa-​nos a Wikipédia. O fran­cês Dominique Monfréy ficou encar­re­gue da rea­li­za­ção. Uma equi­pa de 25 ani­ma­do­res da Disney atirou-​se à tare­fa de deci­frar as «críp­ti­cas story­bo­ards» dei­xa­das por Dali e Hench.

O pin­tor espa­nhol mor­re­ra em 1989, mas a equi­pa usou o diá­rio de Gala, viú­va de Dali, e as indi­ca­ções de Hench, para com­ple­tar a pro­du­ção des­ta ani­ma­ção de seis minu­tos. Hench ain­da viveu para ver a estreia, a 2 de junho de 2003. Morreu oito meses depois, com 95 anos.

E che­ga­mos assim ao vídeo: um músi­co e uti­li­za­dor do YouTube, Alan Robinson, deci­diu incluir na ani­ma­ção o tema Time, do álbum «The Dark Side of the Moon». Salvador Dali e Walt Disney ao som de Pink Floyd? Alinho.

[KGVID poster="http://bitaites.org/wp-content/uploads/2014/09/dali-disney.jpg" width="670" height="387"]http://bitaites.org/wp-content/uploads/2014/01/salvador-dali-e-walt-disney-ao-som-de-pink-floyd.mp4[/KGVID]

O míti­co The Dark Side of the Moon já foi uti­li­za­do como ban­da sono­ra alter­na­ti­va de um clás­si­co do cine­ma: toda a gen­te conhe­ce, ou ouviu falar, da ver­são de O Feiticeiro de Oz ao som des­se dis­co – The Dark Side of the Rainbow ou The Dark Side of the Oz é um mila­gre de sin­cro­ni­za­ção mui­to mais impres­si­o­nan­te que este.

Marco Santos

­Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?