Uma grande surpresa: Slow is Possible

slow is possible foto afonso bastos

A melodia faz-nos sonhar. É triste, mas tem uma doçura tão sugestiva quanto o mistério que a atravessa. As imagens que nos projecta nos neurónios fantasiadores não surgem ao acaso: os Slow is Possible tocam um jazz cinematográfico, uma mistura de David Lynch e Myra Deren.

O monstro nunca está debaixo da cama

The-Babadook--014

Gostei tanto deste filme que nem vou dizer por que razão, em certos momentos, me fez lembrar o «The Shining». Mas fez, e pelos melhores motivos. Não sendo um filme de terror, «The Babadook» é um dos melhores filmes de terror que já vi.