Quem acompanha este blogue há mais tempo conhece as mixtapes que andei a fazer durante vários meses e às quais chamei (um pouco pomposamente, admito) Rádio Bitaites – sequências das músicas de que gosto, com os mais variados ritmos, épocas e géneros.

Esta série que apresentava regularmente no Bitaites criava alguns problemas legais, por razões óbvias, mas também técnicos: alojar todos esses ficheiros acabava por ocupar demasiado espaço no servidor. Tal como o tempo, espaço também é dinheiro.

Já conhecia o serviço Mixcloud há bastante tempo. Tem a grande vantagem de podemos fazer o upload do que desejarmos porque o serviço paga os direitos de autor aos artistas. Não podia desejar mais.

Contudo, algumas embirrações com o seu funcionamento deixaram-no em modo de espera durante todo este tempo: o seu widget multicolorido e a impossibilidade de o personalizar via CSS era um dos principais obstáculos para o usar como serviço de partilha. Algumas falhas na playlist também me fizeram desistir.

Os tempos foram passando e o Mixcloud evoluiu bastante. Já oferece um player decente e formas mais intuitivas de criar a lista de faixas – sendo assim, posso partilhar estas compilações outra vez.

Adoro fazer mixtapes. Eu, consumidor, tenho mais de três mil CD que fui comprando ao longo dos tempos. Eu, pirata, tenho outros tantos gravados no computador. Passo a vida a ouvir música. E adoro reviver este velho espírito de «gravar cassetes» para outra pessoa ouvir. Neste caso, muitas.

Querem embarcar? Play!

Esta série a que chamei simplesmente Notas de Viagem é para ser ouvida com auscultadores, preferencialmente à noite, e foi feita com cinco objetivos:

mostrar a melhor música possível da forma mais agradável possível; mostrá-la diversificada, sem preconceitos quanto a géneros; ter um cuidado maníaco nas transições entre faixas; manter a fluidez entre passagens, mesmo quando a um género musical sucede outro completamente diferente; ser calminha e carinhosa, como um beijinho na orelha.

Quem gostar o suficiente das mixtapes a ponto de desejar obter o ficheiro original – WAV+CUE – pode entrar em contacto comigo.