Obrigado pe­lo teu in­te­res­se em contactar-me ou sa­ber mais acer­ca de mim.

Não há na­da de es­pe­ci­al a di­zer: sou jor­na­lis­ta e, aci­ma de tu­do, blog­ger, fun­da­dor e co-autor do Bitaites. Faço par­te da equi­pa que ge­re a ho­me­pa­ge do Sapo. Gosto do Sapo e das pes­so­as no Sapo, é a me­lhor equi­pa com quem já tra­ba­lhei até hoje.

Ah, e es­tou a fi­car velho.

E pronto, perfil tratado

Há ti­pos que gos­tam de jar­di­nar e plan­tar ár­vo­res. Eu gos­to de blo­gar e plan­tar posts. Também me en­tre­te­nho a tra­du­zir e le­gen­dar al­gu­mas sé­ri­es de que sou fã. A me­lhor apre­sen­ta­ção es­tá no que es­cre­vo: o que gos­to, de­tes­to, áre­as de in­te­res­se, qua­li­da­des e de­fei­tos, con­vic­ções e con­tra­di­ções, for­ças e fraquezas.

Música, Fotografia, Astronomia, Física, História e his­tó­ri­as, Ficção e Fricção Científica, Jornalismo e la­ra­chas, bo­las re­don­das e qua­dra­das, re­des so­ci­ais e anti-sociais, é is­to o Bitaites: es­pa­ço de li­ber­da­de e afirmação.

Religião? Benfiquista não-praticante.

Adenda importante para os ofendidinhos

IdiotasSe vo­cê é um ex­tre­mis­ta de qual­quer es­pé­cie, ne­o­na­zi, ra­cis­ta, mi­só­gi­no, fa­ná­ti­co re­li­gi­o­so ou ho­mo­fó­bi­co, de­ve ter che­ga­do a es­te blo­gue por en­ga­no. Por fa­vor, cor­ri­ja o er­ro e não volte.

Se é da­que­les que de­fen­de te­o­ri­as da cons­pi­ra­ção do gé­ne­ro «O Homem nun­ca foi à Lua» e es­tá ofen­di­do por eu ter ex­pos­to no blo­gue a sua tris­te e ig­no­ran­te vi­são do mun­do, não se in­co­mo­de em man­dar mensagem.

Não que­ro sa­ber da sua opi­nião pa­ra na­da. O que vo­cê pen­sa não tem qual­quer cre­di­bi­li­da­de pa­ra mim. Nem os in­sul­tos mais es­tú­pi­dos me di­ver­tem mais. E ne­nhum me afe­ta muito.

Já te­nho al­guns ani­nhos dis­to e sou in­di­fe­ren­te ao que pos­sa pen­sar de mim um jus­ti­cei­ro das ver­da­des ab­so­lu­tas babando-se so­bre o te­cla­do. Assim que per­ce­bo o ti­po de men­sa­gem, apago-a e nun­ca mais vol­to a pen­sar no assunto.

Às pes­so­as das pro­mo­ções: não que­ro sa­ber de pro­pos­tas pa­ra di­vul­gar «as­sun­tos» que «in­te­res­sam aos lei­to­res» e não pas­sam de pu­bli­ci­da­de à bor­la. Nem va­le a pe­na ten­tar por­que es­ses emails se­rão ig­no­ra­dos. Propostas pu­bli­ci­tá­ri­as pa­gas tam­bém não in­te­res­sam nes­ta fa­se, mas fi­co des­de já agra­de­ci­do e li­son­je­a­do por ter con­si­de­ra­do es­te pro­je­to pa­ra anunciar.

A to­dos os ou­tros: se qui­se­res en­trar em con­tac­to usa es­te for­mu­lá­rio, te­rei mui­to gos­to em responder.