The Sony World Photography Awards é uma competição anual que atrai milhares de fotógrafos de todo o mundo. A deste ano juntou 230.130 concorrentes oriundos de 186 países.

A organização divulgou no sítio da World Photography Organization algumas das fotos que fazem parte da lista de onde sairão os vencedores da edição deste ano, a 21 de abril. Todas são imagens especiais, como seria de esperar. Seguem-se vinte exemplos: mundos diferentes, o mesmo planeta

Mohammed Youef

Malaika, mamã-chita, a protetora de cinco filhotes na reserva Masai Mara, no Quénia. | Foto: Mohammed Yousef

Daniel Arranz Molinero

«El secreto de sus ojos», tirada em Almeria, Espanha. | Foto: Daniel Arranz Molinero

Ivana Pejak.

Auto-retrato de Ivana Pejak.

Andrey Narchuk

Um lobo-marinho bebé no mar de Bering, ao largo das Ilhas Comandante. | Foto: Andrey Narchuk

Yong An He

Centenas de aves migratórias morrem todos os anos, presas em redes de captura erguidas por pessoas à procura do lucro fácil. As autoridades chinesas proibiram a atividade, mas a matança continua. | Foto: Yong An He

Nikunj Rathod

O fotógrafo convenceu um grupo de miúdos em Mumbai, na Índia, a demonstrar a sua perícia com a fisga tentando acertar numa garrafa vazia em vez de apontá-la aos pássaros, como os observara a fazer. O resultado foi uma competição feroz entre eles e umas horas mais descansadas para as aves. | Foto: Nikunj Rathod

Kajan Madrasmail

Brincando com o filho em Singapura. | Foto: Kajan Madrasmail

Michael Hanke

Uma mãe com o filho durante uma competição de xadrez para jovens. | Foto: Michael Hanke

Alessandro Penso

Mãe e filho envoltos em cobertores de emergência depois de desembarcarem na praia de Kayia, a norte da ilha grega de Lesbos. | Foto: Alessandro Penso

Stephanie Sinclair

Circo itinerante com mais de 300 pessoas de vários países. Alguns deslocam-se em carros ou carroças, mas a maioria — incluindo animais — viaja de comboio. | Foto: Stephanie Sinclair

Annick Donker

Modalidade «hardcore» do wrestling proibida na Cidade do México mas permitida em outras regiões do país. Esta é uma luta livre ultra-violenta onde os ferimentos e os acidentes são sérios e frequentes, mas os lutadores são recebidos pela população quais gladiadores das arenas romanas: como heróis. | Foto: Annick Donker

Asghar Khamseh

Irão: mulher a quem o marido lançou ácido. Não existe no país qualquer organização — governamental ou não — para ajudar as vítimas deste crime, dependentes apenas de doações para conseguir os tratamentos de que necessitam. | Foto: Asghar Khamseh

Alexander Ingle

Um miúdo prepara-se para saltar sobre as pernas do avô para o acordar da sesta. | Foto: Alexander Ingle

Patrick Sinkel

Crianças assistindo a um combate de boxe no Gana. O boxe é mais do que um desporto no país, é uma forma de escapar à pobreza. Muitas crianças sonham em ser profissionais de boxe nos Estados Unidos e na Europa. | Foto: Patrick Sinkel

Kevin Frayer

Criança de uma tribo nómada do Tibete. | Foto: Kevin Frayer

Martin Seraphin

«Stairways from Heaven». Tirada debaixo de uma ponte na Bélgica. | Foto: Martin Seraphin

Amelie Labourdette

Em certas regiões de Itália — a fotógrafa visitou Sicília, Calábria, Basilicata e Puglia — a crise económica fez com que muitas casas ficassem por acabar, abandonadas por falta de dinheiro. | Foto: Amelie Labourdette

Aurélien Maréchal

Novas zonas residenciais em construção na China. | Foto: Aurélien Maréchal

Christian Aslund

Exploração de petróleo no Ártico: um navio norueguês despoletando cargas sísmicas ao largo da Gronelândia. Estas cargas emitem ondas sonoras de até 259 decibéis. O «eco» permite localizar reservas de petróleo no fundo do mar, caso existam. | Foto: Christian Aslund

Franck Tridon

O mergulho da rã. | Foto: Franck Tridon

Marco Santos

­ Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?