Não dei­xa de ser uma gran­de his­tó­ria, aque­la que nos con­duz ao mo­men­to em que o fo­tó­gra­fo Jeff Isy cap­ta es­tes olha­res. Do prin­cí­pio da ex­plo­são câm­bri­ca à mo­der­ni­da­de dos nos­sos di­as. Nem se po­de fa­lar de uma úni­ca gran­de his­tó­ria, mas de uma que se for­ma a par­tir de mi­lha­res de mi­lhões de pe­que­nas his­tó­ri­as.

Foram ne­ces­sá­ri­os mais de 530 mi­lhões de anos de Evolução até ser­mos ca­pa­zes de cons­truir câ­ma­ras ca­pa­zes de re­pro­du­zir e ho­me­na­ge­ar a be­le­za e so­fis­ti­ca­ção da câ­ma­ra bi­o­ló­gi­ca em que se trans­for­ma­ram os nos­sos olhos.

Jeff Isy nas­ceu na República da Maurícia há 23 anos. A Maurícia é um país in­su­lar no Oceano ín­di­co for­ma­do por vá­ri­as ilhas des­co­ber­tas pe­los por­tu­gue­ses em 1505. Jeff mudou-se pa­ra Toronto, Canadá, em 2008. Aí se es­ta­be­le­ceu co­mo fo­tó­gra­fo.

Ele ado­ra fo­to­gra­far os olhos das pes­so­as e fá-lo mui­to bem. São es­sas fo­to­gra­fi­as que par­ti­lho, em­bo­ra va­lha a pe­na co­nhe­cer aqui mais do seu tra­ba­lho.

Não é ape­nas uma cor mais exó­ti­ca que de­fi­ne a be­le­za dos olhos, o olhar tam­bém con­ta. Mas o que se­gue são exem­plos per­fei­tos de co­mo es­ta ma­ra­vi­lha da Evolução, es­te ór­gão com­ple­xo con­ce­bi­do pa­ra ver, po­de ser tão bo­ni­to que pa­re­ce ter si­do fei­to (*) ape­nas pa­ra ser vis­to.

Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff Isy Jeff IsyJeff IsyJeff IsyJeff Isy

(*) «Feito», «con­ce­bi­do: ape­nas for­ças de ex­pres­são. Meras pa­la­vras. Disparates cri­a­ci­o­nis­tas e te­o­ri­as so­bre «de­sign in­te­li­gen­te» não têm cre­di­bi­li­da­de nes­te blo­gue. Aqui escreve-se Ciência com le­tra maiús­cu­la.

Marco Santos

Bitaite de Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?