É o melhor vídeo que vi até hoje a demonstrar como teria sido impossível, em 1969, simular a ida do Homem à Lua. É simples, conciso e focado.

Vi-o no Facebook numa partilha do astrónomo Ricardo Cardoso Reis. Não espero que convença aqueles que acreditam na teoria da aldrabice lunar com um frenesim de profeta sub-orbital, mas acredito que dissipará dúvidas de quem está ainda indeciso e mantém o cérebro a funcionar.

O homem nunca foi à Lua: uma das maiores ofensas à inteligência e ao discernimento é destruída por completo.

O vídeo (falado em inglês, mas percebe-se bem) não foi concebido por um cientista ou alguém ligado à NASA, mas por um multifacetado artista independente norte-americano desiludido com o seu país: há nove anos mudou-se para Amesterdão e nunca mais saiu.

(Multifacetado: SG Collins é realizador – dirigiu e escreveu, em 2000, um filme indie de baixo orçamento, The Same Side of Rejection Street -, pintor, designer, músico e escritor.)

No vídeo «Moon Hoax Not», SG Collins recorda um facto irrefutável: em 1969, a tecnologia vídeo e de efeitos especiais necessária para simular realisticamente os eventos transmitidos pelas televisões ainda não existia. Atualmente é ao contrário: temos tecnologia para simular uma viagem e um passeio na Lua, mas parecemos ter esquecido de como se faz para mandar realmente um homem para a Lua, remata o inteligente Collins.

O vídeo é de uma brilhante simplicidade (link do YouTube, se preferirem) – e salta à vista não só pelas conclusões como pelo sentido de humor do autor. Além disso, alerta-nos para as verdadeiras e muito terrenas conspirações que os maluquinhos das teorias rocambolescas parecem ignorar – um extra importante.

Depois de ver «Moon Hoax Not», uma pessoa com um mínimo de bom senso não voltará a desconfiar que as missões Apollo foram forjadas. É uma promessa.

Aos paraquedistas que aterrarem aqui lembrando todas as inúmeras suspeitas e teorias que Collins não refere em 12 minutos de monólogo, fica a sugestão: provem primeiro que as suas afirmações estão erradas antes de pensar sequer em mandar postas de pescada. Não conseguem? As vossas pseudo-teorias foram ao ar e as palavras tornaram-se desnecessárias.

Marco Santos

­ Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?