Não é pre­ci­so ne­nhu­ma in­tro­du­ção à pro­pos­ta de Lei da Cópia Privada. Os que vi­si­tam es­te blo­gue conhecem-na de gin­jei­ra. É uma lei ex­tor­si­o­ná­ria que tem co­mo ob­je­ti­vo – em tem­pos eco­no­mi­ca­men­te tão di­fí­ceis co­mo es­te – ti­rar o teu di­nhei­ro pa­ra o co­lo­car nos bol­sos de as­so­ci­a­ções ob­so­le­tas que já não de­vi­am, se­quer, exis­tir.

Para nos im­por mais um im­pos­to dis­far­ça­do de ta­xa, o Governo pre­ten­de obrigar-te a pa­gar pe­lo con­teú­do que tu pro­du­zes e guar­das nos dis­po­si­ti­vos de ar­ma­ze­na­men­to, dos te­le­mó­veis aos dis­cos rí­gi­dos, em be­ne­fí­cio da Associação de Gestão da Cópia Privada e res­pe­ti­vos as­so­ci­a­dos co­mo a Sociedade Portuguesa de Autores.

Mário Cruz

O se­cre­tá­rio de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier: a dis­cus­são da Lei da Cópia Privada foi fei­ta em tem­po de fé­ri­as, à so­ca­pa dos con­su­mi­do­res, pa­ra que pou­cos des­sem por ela. | Foto: Mário Cruz

Chegou a ho­ra de contra-atacar e im­pe­dir o triun­fo dos pa­ra­si­tas. Uma pe­ti­ção foi cri­a­da e é pre­ci­so que o mai­or nú­me­ro pos­sí­vel de pes­so­as que a as­si­ne. E an­tes que fi­ques a pen­sar se va­le­rá a pe­na o tra­ba­lho, lembra-te que no pas­sa­do já os con­se­gui­mos der­ro­tar – e que a for­ça dos nú­me­ros tam­bém foi de­mons­tra­da na pe­ti­ção que en­tão as­si­ná­mos.

Basta che­gar aos 4000 sig­na­tá­ri­os – va­li­da­dos – pa­ra que pos­sa ser en­tre­gue na Assembleia da República.

É o mo­men­to de agir: as­si­na a pe­ti­ção, con­fir­ma a as­si­na­tu­ra no email que re­ce­be­res a se­guir, e par­ti­lha, par­ti­lha, par­ti­lha, par­ti­lha o link da pe­ti­ção em to­do o la­do, nos blo­gues, nas re­des so­ci­ais, nos fó­runs de dis­cus­são.

Marco Santos

Bitaite de Marco Santos

Editor @Sapo. Blogger @Bitaites. Legendas @LegDivx. Pai em todo o lado. Queres contactar-me?